blaze

10 motivos para começar a andar de bicicleta 

Prática é positiva para a saúde individual, mas também para o bem-estar coletivo e o cuidado com o meio ambiente

  • Por EdiCase
  • 08/02/2024 16h00 - Atualizado em 08/02/2024 17h48
Andar de bicicleta é benéfico para a saúde e para o meio ambiente Andar de bicicleta é benéfico para a saúde e para o meio ambiente Imagem: SpeedKingz | Shutterstock

Andar de bicicleta não é apenas uma atividade prazerosa, mas também oferece uma variedade de benefícios para a saúde física e mental, além de ser uma escolha sustentável e ecologicamente amigável. Isso porque, com o ciclismo, é possível colher os benefícios de uma vida mais ativa, equilibrada e alinhada com práticas que respeitam o meio ambiente.  

Por isso, a seguir, veja 10 motivos para começar a andar de bicicleta!  

1. Saúde cardiovascular 

Andar de bicicleta é um excelente exercício cardiovascular, fortalecendo o coração e melhorando a circulação sanguínea. Além disso, essa prática regular ajuda a reduzir o risco de doençascardíacas. 

“A prática de exercícios físicos aumenta o fluxo da circulação do sangue e melhora o retorno venoso para levar oxigênio às células dos músculos e tecidos próximos. Além disso, contribui para a queima de gordura, ajuda a desenvolver os músculos e fortalece o sistema imunológico”, explica a cirurgiã vascular Dra. Aline Lamaita, membro da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular. 

2. Condicionamento físico geral 

Pedalar contribui para o condicionamento físico geral, fortalecendo músculos das pernas, glúteos e abdômen. Além disso, é uma forma eficaz de queimar calorias e manter um peso saudável. “A prática constante, com duração e intensidade adequadas para o condicionamento físico, promove a redução do peso corporal”, acrescenta o personal trainer Guilherme Santander. 

3. Baixo impacto nas articulações 

Ao contrário de atividades de alto impacto, como correr, andar de bicicleta é gentil com as articulações, minimizando o risco de lesões e tornando-a acessível para diversas idades e níveis de condicionamento físico. No entanto, o aquecimento antes de começar a pedalar pode ser bastante benéfico.  

“O aquecimento é indispensável para preparar não somente o joelho, mas o corpo todo, de articulações até órgãos como o coração, para o exercício que está por vir. Começar a se exercitar com o músculo e as articulações ainda rígidos pode favorecer a ocorrência de lesões”, afirma o Dr. Marcos Cortelazo, ortopedista especialista em joelho e traumatologia esportiva.  

4. Melhora da saúde mental 

O ciclismo ao ar livre proporciona uma sensação de liberdade e contato com a natureza, promovendo a redução do estresse, ansiedade e melhorando o humor geral. Segundo Iva Bittencourt, personal trainer e apresentadora da TV Cinec, o ciclismo também age como um antidepressivo, pois relaxa e alivia todas as tensões do estresse do dia a dia.  

O uso da bicicleta também ajuda a reduzir a emissão de poluentes no planeta Imagem: Monkey Business Images | ShutterStock

5. Sustentabilidade ambiental 

Optar pela bicicleta como meio de transporte contribui para a redução da pegada de carbono, diminuindo a poluição atmosférica e ajudando na preservação do meio ambiente. 

6. Economia financeira 

Além de ser um investimento único na compra da bicicleta, o ciclismo reduz os custos contínuos associados a combustíveis, manutenção de veículos e transporte público. 

7. Agilidade e equilíbrio 

Andar de bicicleta melhora a agilidade e o equilíbrio, beneficiando a coordenação motora e a capacidade de reação. 

8. Integração social 

Participar de passeios de bicicleta ou grupos ciclísticos oferece oportunidades para socialização, construindo comunidades e amizades por meio de uma paixão compartilhada. 

9. Acessibilidade urbana 

A bicicleta proporciona uma mobilidade ágil e eficiente em áreas urbanas congestionadas, permitindo que os ciclistas evitem engarrafamentos e estacionem facilmente. 

10. Promoção da qualidade de vida 

Ao adotar o hábito de andar de bicicleta, os benefícios físicos, mentais e ambientais contribuem para uma melhoria geral na qualidade de vida, incentivando um estilo de vida mais ativo e saudável. Conforme Iva Bittencourt, a prática também melhora o sono, já que aumenta a produção de endorfina (hormônio da felicidade), aumenta o HDL (bom colesterol) e previne problemas de hipertensão.  

Comentários

Conteúdo para assinantes. Assine JP Premium.
blaze Mapa do site