blaze

Ex de Jojo Todynho processa a cantora e esclarece se a acusou de ligação com facção criminosa

Lucas Souza disse que passou a temer por sua integridade física e emocional após sofrer ameaças e acusações

  • Por blaze
  • 15/02/2023 09h12 - Atualizado em 15/02/2023 14h47
Reprodução/Instagram/lucassouza_ofl/jojotodynhoMontagem com Lucas Souza e Jojo TodynhoLucas Souza confirmou processo contra a ex-mulher Jojo Todynho

Lucas Souza, ex-marido de Jojo Todynho, confirmou que entrou com processo contra a cantora após ela ameaçá-lo em uma live. A confusão começou após Lucas dar a entender em entrevistas e também em suas redes sociais que foi traído pela artista enquanto estavam casados. Eles trocaram alianças em janeiro do ano passado e a separação aconteceu poucos meses depois, em outubro. A vencedora de “A Fazenda 12” se revoltou com a acusação e, visivelmente irritada, disparou em uma transmissão ao vivo no Instagram: “Aprenda a ser homem, sustenta sua gracinha. Se você não teve um pai, uma mãe, um alguém que te desse educação e te ensinasse a ser homem, eu vou te ensinar a ser homem. Vem para o Rio de Janeiro, estou falando para você, pode colocar aí como ameaça, fod*-se, me prende, me processa, não quero saber. Eu vou te meter a porrada”. Em nota, Lucas afirmou que abriu o processo, pois teme por sua integridade tanto física quanto emocional.     

“É fato público e notório que tivemos um relacionamento conjugal e que tal chegou ao fim. Pois bem, na data de 10 de fevereiro deste ano, a Sra. Jordana fez acusações e ameaças à minha pessoa, razão pela qual passei a temer pela minha integridade física e emocional. Assim, dentro dos limites legais, busquei apoio de um advogado especializado para que fosse intentada as medidas jurídicas cabíveis e eu voltasse a me sentir seguro e tivesse preservado meu direito de ir e vir, assegurado constitucionalmente a todo e qualquer cidadão brasileiro”, declarou o ex-militar. Como foi divulgado por alguns veículos que, na ação, Lucas aponta uma suposta ligação de Jojo com uma “facção criminosa”, ele decidiu esclarecer o assunto: “Em nenhum momento falei, mencionei ou mesmo autorizei dito profissional a escrever na petição que a Sra. Jordana alegou que ‘iria mandar uma facção criminosa me pegar’. Dito isto, informo que já solicitei ao meu advogado que retire tal expressão do processo. Do mais, sigo firme na tentativa de resguardar meus direitos e me defender, na esfera cabível, de toda e qualquer acusação contra minha pessoa, intentada por quem quer que seja”.

Comentários

Conteúdo para assinantes. Assine JP Premium.
blaze Mapa do site