blaze

Lexa fala sobre processo judicial envolvendo imóvel de MC Guimê: ‘Ele se lascou’

Cantora disse que não se envolveu no contrato de compra da polêmica casa e mostrou que adquiriu uma nova residência que está em construção e deve ficar pronta no ano que vem

  • Por blaze
  • 24/04/2023 12h46
Reprodução/Intagram/lexaLexaLexa saiu em defesa de MC Guimê e afirmou que não se envolveu com a compra de imóvel

A cantora Lexadecidiu se posicionar após MC Guimêquebrar o silêncio e dar sua versão sobre o caso do imóvel que adquiriu em 2015 e se tornou motivo de briga judicial. “Eu não assinei contrato nenhum, mas cuidado quando assinarem! Leiam e releiam contratos, gente, depois você se lasca todo e ainda sai perdendo”, alertou a cantora nesta segunda-feira, 24, nos stories do Instagram. “Saí dessa casa há anos! Essa casa foi o maior erro da vida! Guimê assinou o contrato mais bizarro do mundo porque confiou nas pessoas erradas! A casa tinha IPTU atrasado, problema na estruturação, a planta dela está toda irregular na prefeitura, os donos não tinham pegado a construtora que fizeram na casa e vieram cobrar o Guimê. Eu nunca me envolvi nas negociações e sempre fiquei de fora.”

A dona do hit Sapequinha deixou claro que não estou atacando o funkeiro e afirmou que concorda com tudo o que ele disse no pronunciamento que fez sobre o assunto nas redes sociais. “A real é que ele se lascou mesmo com esse contrato que ele assinou, pegou uma casa que estava toda lascada”, afirmou Lexa, que também negou que ela e o funkeiro “destruíram” a residência. “Vocês não viram como a casa estava antes. Eu tenho dado de construtora, tenho dado de tudo.” A artista também postou uma foto da sua nova casa, que está em construção e só deve ficar pronta no ano que vem, e declarou: “Essa casa que eu comprei está toda certinha, não foi o trambique que fizeram antes, documentação certa. Está tudo certo, não é uma barca furada”. 

De acordo com Guimê, ele assinou o contrato de compra da casa sem se atentar aos detalhes e quando já estava pagando descobriu que o imóvel tinha um outro dono. Ele tentou resolver a situação e, para isso, teria desembolsado mais de R$ 1 milhão. A transação continuou dando problema e o caso foi parar na Justiça. Isso porque, os donos do imóvel teriam alegado que o casal não estava pagando as prestações do imóvel. “Em uma extensa briga judicial, as coisas foram piorando e só causando mais tormento, tristeza e arrependimento de ter entrado nessa”, comentou o cantor, que afirmou ter deixado o imóvel em 2021. “Ninguém foi despejado e quando tiveram a decisão de tomada de posse do imóvel, já não havia ninguém morando mais lá”, afirmou.

Comentários

Conteúdo para assinantes. Assine JP Premium.
blaze Mapa do site