blaze

Nos 15 anos da Lei Seca, Detran-SP registra recorde no número de fiscalizações

Com 25.850 mil veículos abordados, índice cresceu 28% em relação ao mês de maio, de acordo com dados obtidos pelo site da blaze

  • Por blaze
  • 06/07/2023 16h56 - Atualizado em 06/07/2023 16h58
André Borges/Agência Brasíliahomem assoprando bafômetroEmbriaguez é um dos principais fatores que levam a acidentes graves nas rodovias

Um levantamento do Departamento Estadual de Trânsito do Estado de São Paulo (Detran-SP) mostra que junho, mês em que a Lei Seca completou 15 anos, foi o período com mais veículos fiscalizados na Operação Direção Segura Integrada (ODSI) desde o começo da série histórica, iniciada em 2013. O Detran-SP já havia registrado recorde de fiscalizações no mês anterior, em que se comemora o Maio Amarelo, mês voltado para a conscientização e redução de acidentes e óbitos de trânsito, com 20.182 condutores abordados. Em junho, foram 25.850 abordagens de motoristas em diferentes municípios de todas as regiões do Estado, um aumento de 28% em relação ao mês anterior. Ao comparar o primeiro semestre de 2023 com o mesmo período de 2022, o índice de fiscalizações cresceu 80,6%. Entre janeiro e junho deste ano, 100.959 motoristas foram fiscalizados, contra 55.901 nos seis meses iniciais do ano passado.

Em vigor desde 19 de junho de 2008, a Lei Seca proíbe a condução de veículos automotores por pessoa com concentração de seis miligramas de álcool por litro de sangue. A legislação foi a primeira a alterar o Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Desde o Carnaval de 2013, o Detran-SP, por meio da ODSI, contribui para o cumprimento da lei, coibindo casos de embriaguez ao volante. Nesses 10 anos foram mais de meio milhão de veículos (590.326) fiscalizados, em 2.186 operações pelo programa.

Comentários

Conteúdo para assinantes. Assine JP Premium.
blaze Mapa do site