blaze

Microsoft quer substituir laptop por novo tablet Surface Pro 3

  • Por Agencia EFE
  • 20/05/2014 14h54

Nova York, 20 mai (EFE).- A Microsoft apresentou nesta terça-feira seu novo tablet Surface Pro 3 com o ambicioso desafio de fundir tablets e laptops.

“Tenho a certeza que este é o tablet que pode substituir o laptop”, afirmou durante a apresentação Panos Panay, vice-presidente da Microsoft para Surface.

De acordo com ele, a imensa maioria dos usuários de tablets tem também um laptop, já que acabam usando cada um dos dispositivos para tarefas diferentes. O objetivo da Microsoft é “colocar tudo em um mesmo pacote e sem qualquer tipo de comprometimento” das capacidades, acrescentou.

O novo produto representa uma ambiciosa aposta depois dos fracassos comerciais dos modelos anteriores de Surface. Ele incorpora uma tela de 12 polegadas e um processador Intel, que pode chegar a ser o i7 na versão mais potente.

O novo tablet chegará às lojas dos Estados Unidos amanhã a um preço de US$799 em sua configuração básica. Ainda não há calendário ou preços para os mercados externos.

Esta é a terceira geração de Surface em pouco mais de ano e meio – a segunda geração foi apresentada em setembro do ano passado. A Microsoft adiantou seu lançamento diante do continuo sucesso dos tablets da Apple e dos que operam com sistema Android.

A Surface Pro 3 incorpora várias novidades e melhorias técnicas como um suporte para o aparelho ficar em várias posições, um teclado que se une de forma mais estável à tela, melhores alto-falantes, mais aplicativos técnicos para profissionais e uma bateria com maior durabilidade. Também pode ser conectado ao mouse e a uma estação terminal, com o que acaba oferecendo a mesma forma de uso que um computador tradicional.

“Queremos produtos e tecnologia que deem ao indivíduo mais possibilidades em seu trabalho e em sua vida” e assim possa “aproveitar mais de cada momento”, afirmou o executivo-chefe da Microsoft, Satya Nadella, na abertura da apresentação.

O aparelho segue utilizando o sistema operacional Windows 8, que tradicionalmente não foi muito aceito pelos usuários de tablets. Desta vez, no entanto, emprega uma versão completamente capaz de operar os programas mais complexos de um computador pessoal. EFE

Comentários

Conteúdo para assinantes. Assine JP Premium.
blaze Mapa do site