blaze

Senacon pede esclarecimentos à ANS sobre aumento acima da inflação nos planos de saúde

Teto autorizado para o reajuste das seguradoras ficou em 9,64% e impacta 8,9 milhões de beneficiários

  • Por blaze
  • 15/06/2023 11h27
Arquivo/Agência Brasil cartoes de plano de saudeAgência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) foi questionada sobre o teto autorizado para o reajuste de planos de saúde, que ficou em 9,64%

ASecretaria Nacional do Consumidor (Senacon) fez questionamentos à Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) sobre o teto autorizado para o reajuste de planos de saúde, que ficou em 9,64%. Tal medida que impacta 8,9 milhões de beneficiários. Um dos questionamentos principais feitos pela Senacon à ANS foi justamente a respeito do valor do aumento, que representa mais que o dobro da inflação, que está em 3,94%, considerando o acumulado para 12 meses. E entre os principais pontos de preocupação manifestados pelo comunicado da Senacon estão: “a regulação dos planos de saúde coletivos, a falta de atendimento na rede credenciada, o descredenciamento de hospitais sem aviso prévio, o reajuste dos planos aos usuários e instrumentos para diminuir a judicialização”. A instituição ressaltou a importância de se garantir a acessibilidade e a sustentabilidade dos planos de saúde para os cidadãos, especialmente no contexto atual, no qual o dinheiro está mais escasso e os preços estão mais caros. Para fazer a comparação dos preços, o consumidor pode encontrar a tabela com todos os valores dos planos de saúde no site da ANS.

*Com informações do repórter Misael Mainetti

Comentários

Conteúdo para assinantes. Assine JP Premium.
blaze Mapa do site